Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / iPhone / iPad / Ipod Touch / iPad 2 é lançado oficialmente – Veja o que aconteceu

iPad 2 é lançado oficialmente – Veja o que aconteceu

Acomapnhe aqui os acontecimentos mais recentes no evento. O evento começou às 15:00h de hoje. Para receber as atualizações, atualize essa página clicando F5 ou no botão de recarregar do seu navegador.

16:13 – Jobs diz que é necessário uma interação maior entre software e hardware. E este é o caminho que a Apple está tomando. O CEO da empresa então pede aplausos para sua equipe, e o evento de apresentação do novo iPad está encerrado!

16:11 – Depois da exibição do vídeo, Steve Jobs está de volta ao palco. Segundo ele, “está no DNA da Apple que a tecnologia não é o suficiente. É a tecnologia casada com as expressões artísticas. Não existe nenhum aparelho onde isso seja mais verdade do que em produtos pós-PC. Nossos competidores estão olhando para isso como se fosse o próximo mercado de PC. Não é o jeito certo de lidar com isso. Esses são aparelhos pós-PCs que precisam ser mais fáceis de utilizar do que um computador, mais intuitivos”.

16:06 – Outra novidade é a Capa/Case para o iPad, além de ser um ótimo apoio e um perfeito protetor e tem um ima que trava e destrava a tela do iPad conforme você abre a capa.

16:05 – A Apple também apresentou ainda a atualização do iOS 4.3, os aplicativos FaceTime, iMovie e GarageBand, compatibilidade com AT&T e Verizon.Tudo isso pelo mesmo preço do iPad original. A resolução da tela do iPad é a mesma, assim como as suas dimensões, embora ele seja bem mais fino. A câmera traseira consegue gravar 720p, enquanto a dianteira parece ter resolução VGA – configurações semelhantes a do iPod touch.

16:04 – Vamos a um resumo então: o iPad 2 virá em preto ou branco, é 2 vezes mais rápido e tem gráficos 9 vezes melhores, possui câmeras frontal e traseira, giroscópio, e a mesma duração de bateria do modelo original.

16:03 – Steve Jobs está de volta ao palco. “Estou impressionado com este negócio. Sabe, você pode tocar seus próprios intrumentos ou utilizar os intrumentos virtuais. Qualquer um pode fazer música agora”. O aplicativo também será lançado no dia 11 de março pelo mesmo preço do iMovie: US$ 4,99.

16:01 – A edição de áudio em múltiplas faixas é intuitiva, permitindo sincronizar, cortar, copiar e colar seções. Não chega a ser muito diferente de um editor de áudio comum como o Pro Tools, mas com a interface de toque há uma forma mais natural de mexer com as gravações. Com um pouco de paciência, é possível que qualquer pessoa crie uma música do zero no aplicativo. De fato, parece muito mais simples e lógico utilizar o GarageBand no iPad do que em um Mac.

15:55 – A guitarra e violão do GarageBand para iPad são menos empolgantes, pois eles oferecem acordes prontos, assim basta apenas selecionar a nota que o app a toca sozinho. Isso pode afastar um pouco quem toca o instrumento de verdade, mas certamente vai trazer maior acesso a quem nunca conseguiu tocar sequer a introdução de Sweet Child O’ Mine.

15:54 – Um dos instrumentos mais interessantes é a bateria, pois com uma tela muito maior, fica bem mais fácil tocar o instrumento virtual. No GarageBand, a bateria fica ainda mais dinâmica, com diferença de sons de acordo com o local onde seu dedo toca o tambor ou prato.

15:52 – ‬ ‪O GarageBand ainda conta com um gravador de 8 faixas que permite mixar o áudio, além de mais de 250 loops para acompanhamento, com a possibilidade de enviar arquivos AAC por e-mail e compatibilidade com a versão para Mac.‬ Há várias opções de teclados, passando pelos tradicionais pianos aos mais exóticos, com sons de sintetizadores. E com o acelerômetro embutido no aparelho, é possível diferenciar se você está tocando uma tecla suavemente ou mais forte. É possível ainda deslizar para encontrar as oitavas seguintes do teclado.‬

15:45 – Boa surpresa para os músicos: o software GarageBand, antes exclusivo para Mac OS, chega ao iOS também. Bruno: Com instrumentos que podem ser realmente tocados através da tela – como nos inúmeros aplicativos já existentes, mas dessa vez reunidos em um app (e da própria Apple). O GarageBand ainda conta com amplificadores de guitarra e pedais de efeitos, superando a grande maioria dos softwares musicais disponíveis para o iOS.

15:43 – O trabalho com áudio também foi melhorado, com mais de 50 efeitos sonoros adicionados ao iMovie. E com o recurso multifaixas, é possível escolher uma trilha sonora para tocar como música de fundo. O programa agora tem mais opções de compartilhamento de vídeos, com CNN iReport, Vimeo, Facebook, iTunes além, é claro, do YouTube e o rolo da câmera do próprio iPad 2. Bruno: Será que vamos ver em breve alguma produção realizada completamente em um iPad, da filmagem à edição? Não deve demorar muito. O app custará US$ 4,99 na App Store a partir do dia 11 de março.

15:42 – Steve Jobs volta ao palco para apresentar o aplicativo iMovie para o iPad, que permite a gravação de áudio multifaixas, editor mais preciso, novos temas, AirPlay para se conectar ao Apple TV, vídeos em HD e compatibilidade com todos os aparelhos iOS. O iMovie se assemelha mais ao Final Cut para Mac na tela do iPad. Fica mais fácil de escolher as cenas e cortá-las na timeline do aplicativo, que ainda apresenta a imagem em uma display que ocupa quase 1/3 da tela.

15:40 – A atualização do iOS estará disponível a partir do dia 11 de março para o iPad, iPhone GSM e iPod touch de 3ª e 4ª gerações. Ou seja: o iPhone da Verizon terá que esperar um pouco.

15:39 – O Facetime ainda funciona entre diversos aparelhos, como iPad e um iPhone, ou iPad e Mac. Mas é bom lembrar que com a câmera melhorada do iPad 2 e a possibilidade de realizar chamadas em vídeo HD, vale a pena investir em uma boa conexão.

15:36 – Forstall apresenta agora o AirPlay. Além disso, o iOS 4.3 permite que aplicativos e até sites utilizem vídeos e áudio, deixando a experiência mais parecida com a de um computador comum.

15:35 – O usuário pode também mudar o botão lateral do iPad: ele pode ser utilizado tanto para emudecer o aparelho, como no iPhone, quanto para travar a posição da tela. A nova versão do sistema operacional iOS também adiciona a função de hotspot (para criar uma conexão Wi-Fi), mas apenas para o iPhone 4.

15:33 – O navegador Safari tem a performance melhorada com a engine Nitro JavaScript. Além disso, o iTunes agora poderá sincronizar com os aparelhos iOS por meio de Wi-Fi – uma demanda antiga de usuários que só era possível antes através de jailbreak. Scott Forstall, vice-presidente de software para iOS da Apple, sobe ao palco para apresentar a nova versão do sistema operacional iOS, a 4.3.

15:30 – Jobs fala agora sobre os cases para o iPad. “Desenhamos um case que fica junto ao produto. Ele não é apenas um case, é uma capa também”. Ele utiliza uma mecânica de dobraduras que permitem que seja utilizado como apoio. O case automaticamente destrava o iPad 2 quando você o abre, e também o bloqueia quando é fechado, o que é possível com o uso de imãs.O case é feito em microfibra, que ajuda a limpar a tela do aparelho. Ele será vendido em duas versões com acabamento de poliuretano (US$ 39) ou couro (US$ 69).

15:27 – Uma grande surpresa: Steve Jobs auncia um adaptador HDMI para o iPad 2, quase confirmando um rumor começado pelo site Engadget. O cabo entra na saída normal do aparelho e conta com HDMI para ligar em HDTVs em até 1080p (Full HD).

15:25 – O aparelho começará a ser vendido em alguns países já no dia 11 de março. Os preços: o modelo Wi-Fi de 16GB sai por US$ 499, o modelo de 32GB vai custar US$ 599 e o de 64GB sai por US$ 699. O modelo 3G, sai por US$ 629 (16GB), US$ 729 (32GB) e US$ 829 (64GB). No dia 25 de março ele chegará a mais 26 países, incluindo México, Portugal e Japão.

15:21 – Além de fino, o iPad 2 também é mais leve. Ele já será lançado em duas cores, com o iPad branco sendo vendido a partir do primeiro dia. Taí uma promessa que esperamos ver a Apple cumprir. A Apple também vai lançar modelos tanto na AT&T quanto na Verizon – operadoras norte-americanas nos padrões CDMA e GSM. E mesmo com todas essas novidades e melhorias, a vida da bateria continua a mesma da geração passada do iPad: 10 horas de duração.

15:20 – Mais novidades: o iPad 2 tem câmeras de vídeo, uma traseira e outra dianteira para o Facetime, como muitos já haviam previsto. O iPad 2 ainda possui o mesmo giroscópio presente no iPod touch de última geração e no iPhone 4. E ele ainda é 33% mais “magro”, com apenas 8,8 mm de espessura, ou seja, mais fino do que o próprio iPhone.

15:15 – Steve está de volta, mas para apresentar o novo iPad 2 – sim, este é o nome.
Um novo design, completamente remodelado. E ele também é “dramaticamente mais rápido” graças ao seu novo processador: o Apple A5, um CPU Dual-Core. Este chip é duas vezes mais rápido, com 9 vezes maior capacidade gráfica. Isso tudo consumindo menos energia do que o processador anterior, o A4.

15:12 – O vídeo produzido pela Apple mostra médicos trabalhando com iPads e como o aparelho pode ser utilizado e compartilhado com outras pessoas. Outro exemplo: a Apple mostra crianças autistas utilizando o tablet. “Não estamos curando o autismo, mas estamos ajudando”. O iPad é mostrado ainda em escolas, aviões e em outras ocasiões.

15:11 – Jobs fala então da concorrência, citando as vendas do Samsung Galaxy Tab na casa dos 2 milhões de unidades. Ele compara também os 65 mil aplicativos na App Store, enquanto o Android Honeycomb conta com apenas 100 apps. Jobs apresenta um vídeo mostrando como 2010 foi o ano do iPad. O vídeo mostra como o iPad é “mágico”, e que os consumidores estão satisfeitos e felizes com o tablet. Algumas pessoas o chamam de “passo além do PC”.

15:09 – Com este preço competitivo, entre abril e dezembro foram vendidos 15 milhões de iPads – mais do que todos os tablet PC juntos. A Apple representa 90% do mercado de tablets, com um lucro de US$ 9,5 bilhões no ano passado.

15:08 – “Quando falamos que o iPad era mágico, pessoas riram de nós. Mas ele acabou sendo mágico. E as pessoas questionaram se era um preço ‘inacreditável’ – bom, pergunte aos nosso concorrentes”, disse Jobs. E é verdade, o iPad é o tablet mais barato do mercado.

15:08 – Celebra-se a App Sotre que foi pago U$2 bilhões para desenvolvedores e hoje mais de 100 milhões de iPhones vendidos.

15:04 – Foram 100 milhões de livros digitais baixados, com 2.500 editores na iBookstore.
Hoje, estamos anunciando que a Random House está lançando 17 mil livros.

15:02 – Começou! E Steve Jobs apareceu, confirmando boatos de que ele apareceria. Sinal de que a saúde dele não está tão abalada assim.

14:58 – Nem sinal de Steve Jobs, por enquanto. Mas os Beatles continuam tocando, enquanto a equipe dá o anúncio para colocar os celulares em modo silencioso, pois o evento começará muito em breve.

14:55 – O local está cheio, e está tocando Beatles no som ambiente. Várias personalidades da Apple estão presentes, assim como John Lasseter da Pixar. Tim Cook e Phil Schiller estão próximos ao palco, assim como todos os executivos na primeira fila – eles são sempre os primeiros a bater palmas para os anúncios.

Fonte: TechTudo / Engadget

Sobre Marcosm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top